Morreu ex-presidente sul-coreano e Nobel da Paz Kim Dae-jung

O ex-presidente sul-coreano e Prêmio Nobel da Paz Kim Dae-jung faleceu nesta terça-feira aos 83 anos, anunciou o hospital onde estava internado.

AFP |

Dae-jung foi o idealizador de uma política de abertura para a Coreia do Norte. Ele estava internado desde o fim de julho em uma Unidade de Terapia Intensiva por uma pneumonia.

"Morreu às 13H43 (1H43 de Brasília)", declarou o porta-voz do hospital Severance de Seul.

Kim Dae-jung foi internado no centro médico em 13 de julho e respirava com a ajuda de aparelhos.

Casado e pai de três filhos, ele foi presidente da Coreia do Sul entre 1998 e 2003.

Ele foi o primeiro chefe de Estado sul-coreano a viajar a Pyongyang, onde em 15 de junho de 2000 assinou uma declaração conjunta que marcou a aproximação entre as Coreias.

Os esforços de aproximação e pacificação com o regime comunista de Pyongyang valeram no ano 2000 o Prêmio Nobel da Paz. O acordo com os norte-coreanos permitiu o encontro entre famílias das duas Coreias e uma maior cooperação econômica.

lim/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG