Morrem um soldado e um insurgente em combate na Caxemira indiana

Nova Délhi, 22 set (EFE).- Um suposto insurgente e um soldado morreram em um combate registrado na parte da Caxemira sob controle da Índia (norte) que ainda está em andamento, segundo informou hoje um porta-voz do Exército indiano.

EFE |

O fato aconteceu ontem à noite no conflituoso distrito de Baramulla, depois que o Exército indiano obtivesse informação sobre a presença de insurgentes nas florestas de Tangmulla, afirmou o coronel Uma Maheshwar à agência indiana Ians.

"Quando se requereu aos terroristas que se rendessem, começaram a disparar e se suscitou um enfrentamento. Até agora, um terrorista morreu. Um soldado também, e outro mais resultou ferido", disse o oficial.

Na Caxemira indiana são constantes os enfrentamentos entre as forças de segurança e os supostos insurgentes, que defendem a independência do território ou sua anexação ao Paquistão.

A Índia acusa de fato a esse país - com quem se disputa a soberania pela Caxemira - de proporcionar cobertura aos insurgentes para que se infiltrem no território, a única região do país de maioria muçulmana.

Neste ano, o Exército indiano calcula que uns 70 insurgentes entraram na parte da região sob seu controle, frente aos 45 que alcançaram fazê-lo no mesmo período de 2008.

Ambos países disputam a soberania deste território histórico desde o ano 1947, quando aconteceu a partilha e independência do subcontinente, e mantêm uma Linha de Controle muito militarizada e sem um acordo fronteiriço definitivo.

Dezenas de milhares de pessoas morreram nas últimas duas décadas na região vítimas da violência, embora este número diminuiu nos últimos anos. EFE daa/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG