Um guerrilheiro das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, especialista em explosivos, e outro rebelde morreram em um confronto com o Exército colombiano em uma zona montanhosa do departamento de Antioquia, noroeste do país, informaram neste sábado as autoridades militares da região.

Um dos insurgentes mortos era o terceiro no comando da frente 36 das Farc, além de ser o responsável pelas finanças do grupo na região, destacou a Quarta Brigada do Exército, que o identificou como Juan Bautista Peña, conhecido como "Guacharaco".

Em comunicado divulgado em sua sede em Medellín, capital de Antioquia, a unidade militar acrescentou que Peña tinha uma trajetória de 18 anos nas Farc.

O comandante era especialista em explosivos. Segundo o relatório, "Guacharaco" morreu na sexta-feira junto com outro guerrilheiro não identificado em um combate com um batalhão de infantaria na zona rural da população de Toledo.

As tropas confiscaram dois fuzis, 163 projéteis de guerra, oito provedores para fuzil e material para a fabricação de minas, entre outros elementos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.