Morrem 35 rebeldes tâmeis e um soldado em combates no norte do Sri Lanka

Nova Délhi, 5 jul (EFE).- Pelo menos 35 rebeldes tâmeis e um soldado cingalês morreram em combates travados nas últimas 24 horas em diferentes pontos do norte do Sri Lanka, informou hoje à Agência Efe uma fonte militar.

EFE |

O confronto mais violento ocorreu no distrito de Vavuniya, onde 20 membros da guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE) e um soldado morreram, disse a fonte.

Nesse combate, outros 20 rebeldes e três militares ficaram feridos.

Os confrontos travados em Welioya, Jafna e Mannar causaram a morte de 15 guerrilheiros e deixaram dezenas feridos.

Tanto o Exército cingalês quanto a guerrilha informam freqüentemente das baixas causadas do lado contrário, mas as partes não têm comprovação independente.

Desde agosto de 2006, o Exército matou cerca de 9.000 guerrilheiros e perdeu 1.700 soldados em combates, segundo dados do Ministério da Defesa cingalês. EFE mb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG