Morrem 19 guerrilheiros e três soldados em combates no norte do Sri Lanka

Nova Délhi, 4 abr (EFE).- Pelo menos dezenove guerrilheiros e três soldados morreram em combates registrados nas últimas 24 horas no norte do Sri Lanka, informou hoje o Ministério da Defesa cingalês em vários comunicados.

EFE |

Os confrontos ocorreram nos distritos de Jaffna, Welioya, Mannar e Vavuniya, por onde passa a linha da frente entre o Exército e a guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE).

O confronto mais grave ocorreu em Vavuniya, onde o Exército anunciou a morte de onze guerrilheiros durante um ataque na área de Navathkulam.

Além disso, as tropas disseram ter tomado uma linha de búnqueres no distrito de Welioya.

O Exército cingalês informa diariamente sobre a morte de dezenas de rebeldes tâmeis, mas essas partes não têm confirmação independente, pois os jornalistas não podem chegar às frentes de batalha.

Em janeiro passado, o Sri Lanka voltou ao estado de guerra depois que o Governo rompeu unilateralmente o acordo de cessar-fogo vigente desde 2002, embora este só era válido no papel, pois os choques entre os dois lados foram constantes. EFE daa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG