Morre terrorista que planejava atacar consórcio japonês na Argélia

Argel, 11 dez (EFE).- Um suposto terrorista morreu e um número indeterminado foi detido durante um confronto com uma unidade especial do Exército argelino na província de Tarf, informou hoje a imprensa local.

EFE |

O grupo preparava um ataque contra os funcionários do consórcio japonês Cojaal, encarregado da realização de um grande trecho da estrada de 927 quilômetros que ligará as províncias do leste e do oeste argelino, acrescentaram as fontes.

Os supostos terroristas, que foram localizados graças à informação oferecida pelos aldeões, tinham se refugiado na terça-feira passada em uma casa em construção na localidade de Sidi Kaci.

Os soldados mataram um dos membros do grupo que vigiava do lado de fora da casa e depois cercaram o edifício, para evitar a fuga dos outros.

Depois um confronto que provocou pânico no local, os terroristas se renderam no início da quarta-feira. EFE sk/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG