Morre presidente socialista da Câmara dos Deputados do Chile

Santiago do Chile, 7 ago (EFE) - O presidente da Câmara dos Deputados chilena, Juan Bustos Ramírez, morreu hoje na Clínica Alemã de Santiago após sofrer falência de múltiplos órgãos devido a um câncer hepático, informou o centro médico.

EFE |

O legislador e advogado socialista, de 72 anos, morreu às 10h40 (11h40 em Brasília), segundo um comunicado da clínica.

A presidente chilena, Michelle Bachelet, que acompanhou Bustos Ramírez desde cedo na clínica, decretou três dias de luto nacional após a confirmação da morte.

Tanto no Palácio da Moeda quanto no Parlamento o legislador foi aplaudido, enquanto foi colocada uma oferenda floral em sua poltrona de parlamentar.

Presidente da Câmara dos Deputados desde março deste ano, Bustos Ramírez foi reconhecido pelo trabalho a favor dos direitos humanos e pela luta contra a ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990).

O parlamentar sobreviveu à Operação Condor, a coordenação repressiva entre as ditaduras do Cone Sul para eliminar os opositores aos regimes militares nos anos 70 e 80.

Bustos Ramírez estava internado na Unidade de Terapia Intensiva desde 24 de julho, quando chegou com uma insuficiência respiratória aguda. EFE mw/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG