Morre outro operário que montava palco de Madonna na França

Paris, 17 jul (EFE).- Morreu um dos operários que ficou em estado grave após a queda do palco que era montado para um show de Madonna na cidade francesa de Marselha, anunciaram hoje fontes hospitalares, o que eleva para dois o total de falecidos no acidente.

EFE |

Segundo as primeiras informações fornecidas pelas autoridades locais, o segundo operário morto é um britânico de 32 anos que estava internado em um hospital de Marselha.

O primeiro trabalhador que foi vítima fatal do acidente foi um francês de 53 anos que trabalhava na parte baixa do palco, que veio abaixo por volta das 17h15 locais de ontem (12h15 de Brasília) aparentemente devido a um problema com o guindaste que sustentava uma parte da instalação.

No total, dez operários foram levados a diferentes hospitais de Marselha. Dois deles ficaram em estado muito grave por causa de fraturas múltiplas e traumatismos internos; um era o britânico cuja morte foi informada hoje.

A Justiça francesa suspendeu a realização do show para examinar todas as provas e abriu uma investigação por "homicídio involuntário e ferimentos involuntários vinculados a um acidente de trabalho".

Madonna se apresentaria no próximo domingo para um público de quase 40 mil pessoas no estádio do clube Olympique de Marselha. EFE ac/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG