Morre o responsável por estratégia militar dos EUA na Guerra do Vietnã

Washington, 6 jul (EFE).- Robert McNamara, que foi chefe do Pentágono e nos anos 60 arquitetou a estratégia militar dos Estados Unidos na Guerra Vietnã, morreu hoje, aos 93 anos.

EFE |

Segundo a imprensa americana, a morte de McNamara, secretário de Defesa nos Governos de John F. Kennedy e Lyndon Johnson, foi comunicada pela mulher, Diana.

Antes de comandar o Pentágono por sete anos, McNamara foi presidente da Ford Motor Company. Já depois do período que passou no Governo, presidiu o Banco Mundial (BM).

Quando John F. Kennedy, então recém-eleito, ofereceu a McNamara a chefia do Pentágono, o executivo da Ford tinha poucos conhecimentos sobre assuntos militares.

A gestão dele à frente das Forças Armadas americanas acabou conhecida por ter se apoiado substancialmente em análises estatísticas.

À época, o principal objetvo do presidente Kennedy era minimizar os riscos de uma guerra generalizada com a União Soviética. Isso levou Washington a adotar respostas flexíveis em sua política militar.

Uma dessas foi o reforço da intervenção americana no conflito do Vietnã. EFE jab/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG