Morre o homem mais velho da humanidade, ex-combatente da 1ª Guerra

O britânico Henry Allingham, o homem mais velho do mundo, segundo o livro dos recordes Guiness, que era também o mais velho dos ex-combatentes da 1ª Guerra Mundial, morreu neste sábado aos 113 anos, anunciou o asilo onde estava.

AFP |

"Todo mundo em St Dunstan ficou triste com a morte de Henry e toda nossa simpatia vai para sua família", declarou Robert Leader, diretor de St Dunstan, um asilo para ex-combatentes em Ovingdean, perto de Brighton, na costa sul da Inglaterra.

Allingham comemorou em 6 de junho seus 113 anos. Ele se tornou dias mais tarde o mais velho da humanidade após a morte do japonês Tomoji Tanabe, segundo o Guinness.

A pessoa mais velha da humanidade, incluindo os dois sexos, foi a americana Gertrude Baines, de 115 anos.

cyb/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG