Morre o ex-senador Jesse Helms, figura do conservadorismo americano

O ex-senador republicano Jesse Helms, que foi um dos maiores representantes do conservadorismo americano durante vários anos, morreu nesta sexta-feira aos 86 anos, anunciou sua fundação.

AFP |

O ex-senador faleceu na manhã desta sexta-feira em Raleigh (Carolina do Norte, sudeste), seu estado de origem, destacou em um comunicado John Dodd, presidente da Fundação Jesse Helms.

Nascido em 18 de outubro de 1921, Helms foi eleito cinco vezes consecutivas para o Senado, onde trabalhou de 1973 a 2003.

Conhecido por seu perseverante conservadorismo, começou sua carreira política como democrata antes de se juntar aos republicanos no início dos anos 70.

Helms nasceu em 1921 em Monroe, Carolina do Norte, e teve três filhos.

js/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG