O embriologista de origem chinesa Xiangzhong Jerry Yang, um dos pioneiros da clonagem, faleceu de câncer, aos 49 anos, anunciou a Universidade de Connecticut, nesta sexta-feira.

Yang, que ficou famoso por ter feito a primeira clonagem de um bezerro, nos Estados Unidos, em 1999, após a realizada na Grã-Bretanha três anos antes, faleceu na quinta-feira, em uma clínica de Boston, informou o porta-voz da universidade, David Bauman.

O cientista tinha câncer nas glândulas salivares, diagnosticado em 1996. Sua morte interrompe uma carreira científica que assentou as bases de uma primeira clonagem de um embrião humano que não conseguiu realizar.

De origem muito humilde, Xiangzhong sobreviveu à fome em sua China natal, em 1959. Aluno brilhante, foi autorizado a prestar exames no final da Revolução Cultural e abandonou a propriedade rural, onde criava porcos, por uma carreira universitária que lhe permitiu emigrar para os Estados Unidos.

Sua meta era o desenvolvimento de células-tronco embrionárias, que pudessem ser utilizadas para curar doenças, como o mal de Parkinson, o câncer, ou o diabetes, completou a nota da Universidade de Connecticut, onde ele trabalhava.

ltl/tt

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.