O produtor e compositor americano Norman Whitfield, co-autor de lendários hits da gravadora Motown, como Papa was a rolling stone, dos Temptations, morreu aos 65 anos em Los Angeles, informou nesta quarta-feira a imprensa especializada.

Segundo a revista Billboard, Whitfield, que sofria de diabetes, faleceu na terça-feira no hospital Cedars-Sinai, em Los Angeles (Califórnia, oeste).

Na década de 60, Whitfield fez parte do movimento Motown, histórica gravadora da música negra americana criada em Detroit, escrevendo letras para artistas como a banda Temptations e o músico Marvin Gaye.

Entre seus sucessos como autor figuram "Papa was a rolling stone", complexa peça musical de sete minutos lançada em 1972, e "I heard it through the grapevine" (1967), que se tornou um clássico após ser interpretada por Marvin Gaye, e pelo grupo Creedence Clearwater Revival.

tq/ap/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.