TÓQUIO - O homem mais velho do mundo, Tomoji Tanabe, morreu nesta sexta-feira por causas naturais aos 113 anos, em sua casa em Miyakonojo, na província de Miyazaki (sul do Japão).

AP
Tanabe, em foto de 2008
Tanabe, em foto de 2008

Nascido em 18 de setembro de 1895, na mesma cidade onde morreu, Tanabe costumava dizer que o segredo de sua saúde era "não fumar e não beber".

Uma dos hábitos diários de Tanabe, engenheiro civil aposentado e que cultivava hortas, era beber leite durante a tarde, enquanto lia os jornais do dia.

O idoso japonês, que escrevia um diário pessoal, sofreu um ataque cardíaco em maio, e desde então tinha dificuldades para andar e comer. Ele morreu ao dormir.

Tanabe foi designado o homem mais idoso da terra em junho de 2007, depois de morte de seu antecessor, um porto-riquenho de 115 anos. Agora, o título passa para Heny Allingham, um britânico de 113 anos e veterano da Primeira Guerra Mundial.

A pessoa mais velha do mundo, porém, continua sendo uma mulher, a americana Gertrude Baines, de 115 anos. 

(Com informações da EFE e da AFP)

Leia mais sobre recordes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.