Morre Fernando Amaral, ex-presidente do Parlamento de Portugal

Lisboa, 24 jan (EFE).- O ex-presidente da Assembleia da República (Parlamento) de Portugal Fernando Amaral, que dirigiu a Casa entre 1984 e 1987, morreu hoje aos 84 anos, informaram fontes do Partido Social Democrata (PSD).

EFE |

Amaral, formado em Direito, era deputado do Partido Popular Democrático (PPD), origem do atual PSD, durante a restauração da democracia, na década de 1970, na Assembleia Constituinte e, posteriormente, no Parlamento por cinco Governos constitucionais.

O político foi também ministro de Administração Interna e do Adjunto ao primeiro-ministro nos sétimo e oitavo Governos constitucionais de Portugal.

Amaral voltou ao cenário político de forma fugaz ao apoiar a candidatura do socialista Mário Soares nas eleições presidenciais de 2006, contra a orientação do partido, que apostava no conservador e líder histórico do PSD Aníbal Cavaco Silva. EFE arm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG