Morre ex-secretário americano Robert Mosbacher, incentivador do NAFTA

Washington, 24 jan (EFE).- Robert Mosbacher, o principal incentivador do Tratado de Livre-Comércio das Américas (NAFTA) durante seus anos como secretário de Comércio dos Estados Unidos, morreu no Texas em consequência de um câncer no pâncreas, informou hoje um porta-voz da família.

EFE |

Mosbacher foi secretário de Comércio durante a Presidência de George H. Bush (1989-1993) com quem manteve uma estreita amizade.

O multimilionário, que no Texas realizou lucrativos investimentos no setor petrolífero, foi um grande defensor do NAFTA, um tratado que entrou em vigor durante a Presidência de Bill Clinton (1993-2001), sucessor de Bush.

"Juntos compartilhamos uma viagem que conduziu à Presidência, à cúpula política dos EUA e ali trabalhamos para ajudar o país a trabalhar mais estreitamente com o mundo ao nosso ao redor e competir nos novos mercados emergentes globais que a Guerra Fria tornou acessíveis", disse hoje Bush pai em comunicado.

"Não há dúvida que será lembrado como um dos secretários de Comércio mais eficazes na história de nossa nação", acrescentou.

Nascido no estado de Nova York há 82 anos, Mosbacher cursou durante a juventude estudos de gestão empresarial e criou em 1948 uma companhia de gás e petróleo com interesses dentro e fora dos EUA que o permitiu acumular uma fortuna.

O magnata entrou na política nos anos 60, quando começou a arrecadar fundos para vários candidatos republicanos.

De fato, ele foi o principal arrecadador de fundos para a campanha à Presidência de Bush pai. EFE tb/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG