Georgetown - O ex-presidente da Guiana Arthur Chung, que governou o país de 1970 a 1980, morreu hoje aos 90 anos, após uma prolongada doença, informou hoje um porta-voz do governo.

De origem chinesa, Chung é considerado o responsável por levar a Guiana a resolver as divisões raciais no país.

"Quando a Guiana estava marcada pelos conflitos étnicos, ele (Chung) conseguiu um equilíbrio social", afirmou hoje o líder da oposição, Robert Corbin.

O governo da Guiana emitiu um comunicado no qual destacou o compromisso político de Arthur Chung e sua capacidade de consenso.

"Além disso, sua Presidência enriqueceu a história da Guiana, ao ser o primeiro presidente de origem chinesa", assinalou o governo.

Chung chegou ao poder após a entrada em vigor de uma nova constituição que permitia a eleição popular de um presidente, já que até então esse posto era designado pelo primeiro-ministro.

Antes de chegar à Presidência, Chung ocupou o posto de magistrado em 1953 e dez anos depois foi elevado a juiz.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.