Morre ex-presidente equatoriano León Febres Cordero

O ex-presidente do Equador León Febres Cordero (1984-1998), conhecido por sua luta contra a guerrilha, morreu nesta segunda-feira, em sua cidade natal de Guayaquil (sudoeste), informaram fontes ligadas ao político.

AFP |

León Febres Cordero sofria de câncer de pulmão e faleceu em uma clínica de Guayaquil, aos 77 anos.

Febres Cordero governou o país com mão-de-ferro e conseguiu eliminar o grupo rebelde Alfaro Vive, mas sua administração foi alvo de várias denúncias de violações dos direitos humanos, que ainda são investigadas por uma Comissão da Verdade.

Líder dos social-cristão por 15 anos, Febres Cordero foi derrotado finalmente pelo cigarro, que deteriorou sua saúde e o retirou da vida pública.

vel/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG