Morre ex-ditador uruguaio Bordaberry

Ex-ditador estava preso desde 2006 após ter sido processado por atentado à Constituição e violações dos Direitos Humanos

AFP |

O ex-ditador uruguaio Juan María Bordaberry (1973-1976) faleceu na madrugada deste domingo em Montevidéu aos 83 anos devido a uma doença cardiovascular, informou a imprensa local.A empresa funerária encarregada do enterro de Bordaberry confirmou à AFP que a cerimônia será realizada na tarde deste domingo no departamento de Canelones, a cerca de 20 km da capital uruguaia.

AFP
O ex-ditador uruguaio Juan María Bordaberry em 2005

O ex-ditador estava preso desde 2006 após ter sido processado por atentado à Constituição e violações dos Direitos Humanos.No início, Bordaberry cumpriu sua detenção nas dependências carcerárias uruguaias, mas depois de janeiro de 2007 foi mantido em prisão domiciliar.

Em março de 2010, já em uma cadeira de rodas e conectado a um balão de oxigênio, recebeu a notificação de sua pena de 30 anos de prisão, com uma opção de prorrogação por mais 15, por "um crime de atentado contra a Constituição, (...) com nove crimes de desaparecimento forçado e dois de homicídio político", segundo o veredicto ditado pela juíza Mariana Motta.Bordaberry liderou um golpe militar em 1973 e foi derrubado pelos próprios militares em junho de 1976. A ditadura no país durou 12 anos.O ex-ditador teve 9 filhos.emm/dm

    Leia tudo sobre: UruguaipolíticaDHóbito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG