Morre ex-deputada anti-apartheid sul-africana Helen Suzman

A sul-africana Helen Suzman, que foi por muito tempo a única deputada branca oposta ao regime segregacionista do apartheid, faleceu nesta quinta-feira aos 91 anos em sua casa de Johanesburgo, anunciou sua filha à agência Sepa.

AFP |

A ex-deputada morreu pela manhã, e deve ser enterrada durante uma cerimônia privada neste fim de semana, destacou sua filha, Frances Jowell.

"Estamos esperando a chegada da família e de todos os netos", frisou. Uma cerimônia pública deve ser realizada em fevereiro.

Helen Suzman, deputada do antigo regime racista sul-africano de 1953 a 1989, foi a primeira parlamentar a visitar o herói da luta contra o apartheid, Nelson Mandela, em sua cela da ilha de Robben Island.

De 1961 a 1974, ela foi a única representante do partido progressista no Parlamento, quando todos os outros deputados apoiavam o regime segregacionista.

Eleito em 1994 à presidência da África do Sul nas primeiras eleições multiraciais da história do país, Mandela entregou a Suzman a medalha de ouro da ordem do mérito, em 1997.

"Sua coragem, sua probidade e seu compromisso com os princípios de justiça a designaram como uma das figuras de proa da história da África do Sul", declarou Mandela em 2007, por ocasião do 90º aniversário da ex-deputada.

A fundação de Helen Suzman lamentou nesta quinta-feira a perda "de uma grande patriota e de uma corajosa combatente contra o apartheid".

chp/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG