Morre em prisão domiciliar um destacado aiatolá iraniano da oposição

Teerã, 20 dez (EFE).- O grande aiatolá Hossein Ali Montazeri morreu ontem à noite aos 87 anos após permanecer sob prisão domiciliar durante mas de 20 anos.

EFE |

Segundo informou a agência semioficial iraniana "Fars", "Hossein Ali Montazeri faleceu ontem à noite em sua casa aos 87 anos de idade".

O grande aiatolá iraniano nasceu em 1922 na cidade de Nayafabad a 24 quilômetros do oeste de Isfahan, no centro do Irã, e morreu na cidade de Qom, ao sul de Teerã.

O destacado clérigo iraniano foi nomeado como o assessor do fundador da República Islâmica do Irã, aiatolá Ruhollah Khomeini quando este ainda estava vivo, mas seu desacordo com Khomeini fez com que este lhe destituísse deste cargo em 1989.

O aiatolá Montazeri era um dos personagens religiosos mais destacados da oposição que se colocou ao lado da oposição durante os protestos pós-eleitorais deste ano. EFE msh/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG