Morre em Londres o estilista britânico Alexander McQueen

O estilista britânico Alexander McQueen foi encontrado morto nesta quinta-feira, aos 40 anos, em Londres. Uma porta-voz de McQueen disse que o corpo do estilista, cujo nome real era Lee McQueen, foi encontrado pela manhã na sua casa, no oeste de Londres.

BBC Brasil |

Ela não afirmou, no entanto, a causa da morte do estilista.

"Nesse momento é inapropriado comentar qualquer coisa sobre essa notícia trágica além de dizer que estamos devastados", disse.

"A família de Lee pediu privacidade para lidar com esta notícia terrível e esperamos que a imprensa respeite este pedido", acrescentou.

Segundo ela, a família não fará nenhum outro comunicado sobre a morte de McQueen.

Segundo um comunicado divulgado pela polícia de Londres, a morte está sendo tratada como "não suspeita", mas uma autópsia será realizada no corpo do estilista, assim como uma investigação sobre o caso.

A morte de McQueen, um dos ícones da moda britânica atual, acontece dias antes da semana de moda de Londres, que começaria no próximo dia 19.

O estilista também estava trabalhando na finalização de uma coleção de primavera que seria apresentada em Paris.

Em uma mensagem em sua página no Twitter, datada de 3 de fevereiro, McQueen afirmou que sua mãe tinha falecido. Dias depois o estilista enviou uma mensagem afirmando que estava passando por uma "semana terrível", mas que os amigos eram "ótimos" e ele estava conseguindo se recuperar.

Em 1996, Mc Queen, conhecido como "o hooligan da moda inglesa", foi nomeado o principal estilista da famosa casa de alta costura Givenchy.

Há três anos, a amiga mais próxima de McQueen, Isabella Blow, que ajudou a lançar a carreira do estilista, cometeu suicídio na sua casa de campo dela no condado de Gloucestershire.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG