Morre em Beirute histórico líder da OLP

Beirute (Líbano), 2 ago (EFE).- Um dos históricos líderes da resistência palestina, Shafiq al-Hut, morreu hoje em Beirute, anunciou a Frente Democrática para a Libertação da Palestina (FDLP), que não esclareceu a causa do óbito.

EFE |

"Com grande pesar e amargura, anunciamos ao povo palestino e à nação árabe a perda do combatente, pensador e escritor Shafiq al-Hut, líder nacional, membro do Conselho Nacional Palestino e ex- membro do Conselho Executivo da OLP", diz uma nota enviada à imprensa.

Hut, um dos fundadores da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), deixou a cúpula da organização em 1993, após se opor aos Acordos de Oslo.

"Da sua juventude até partir, ele viveu todas as tempestades ocorridas pela nossa causa, da catástrofe nacional em 1948, passando pela guerra sionista e a invasão do Líbano em 1982, até ser testemunha da agressão sionista contra o Líbano e os campos de refugiados", acrescenta o texto.

Hut nasceu em 13 de janeiro de 1932, em Yaffo. Em 1948, migrou com sua família para o Líbano após a criação do Estado de Israel.

Estudou na Universidade Americana de Beirute e, ao concluir o curso, em 1953, trabalhou como professor até viajar para o Kuwait.

Anos depois, voltou ao Líbano, onde virou jornalista e escreveu vários livros em árabe sobre o conflito entre palestinos e israelenses.

Fontes médicas que pediram para não ser identificadas disseram à Agência Efe que Hut estava doente há muito tempo e que frequentemente era hospitalizado. Porém, não confirmaram nem desmentiram que ele tinha um câncer.

O funeral do líder palestino deve acontecer amanhã, em Beirute.

EFE ks/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG