Morre democrata baleado em sede do partido no Arkansas

HOUSTON (Reuters) - O presidente do Partido Democrata do Estado norte-americano do Arkansas, Bill Gwatney, morreu depois de ser baleado na sede da entidade na cidade de Little Rock, disseram autoridades nesta quarta-feira. O prefeito de Little Rock, Mark Stodola, disse em uma entrevista coletiva televisionada que Gwatney havia morrido. A polícia afirmou que o atirador também foi morto depois de uma perseguição em alta velocidade seguida por uma troca de tiros com policiais.

Reuters |

O ex-presidente dos EUA e ex-governador do Estado Bill Clinton e sua mulher, a senadora Hillary Clinton, disseram em nota que estavam tristes pela morte de Gwatney. 'Estamos muito entristecidos pela notícia de que Bill Gwatney faleceu', disseram.

O motivo para ataque ainda não foi esclarecido.

(Reportagem de Erwin Seba)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG