Morre Clement Freud, jornalista e neto do fundador da psicanálise

Londres, 16 abr (EFE).- Sir Clement Freud, neto do fundador da psicanálise, Sigmund Freud, e conhecido jornalista de televisão, escritor e ex-deputado liberal, morreu em casa, em Londres, perto de completar 85 anos, segundo informações de hoje.

EFE |

Clement Freud, que esteve ativo até o final de seus dias, era conhecido como personalidade da rádio e da televisão graças, principalmente, a um programa de culinária, mas escreveu também o livro infantil "Grimble".

Irmão do famoso pintor Lucian Freud, Clement Freud nasceu em Berlim, dentro de uma família judia que teve que fugir da Alemanha e se refugiar no Reino Unido após a chegada do nazismo nos anos 30.

Nos anos 50, começou a escrever sobre culinária para jornais e revistas, antes de se dedicar também à crônica esportiva e, depois, à televisão, onde foi um dos primeiros chefs a aparecer diante das câmeras. EFE jr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG