Morre Brian Keenan, ex-líder do grupo irlandês IRA

Por Anne Cadwallader BELFAST (Reuters) - Brian Keenan, ex-líder guerrilheiro do Exército Republicano da Irlanda (IRA na sigla em inglês) morreu, informou nesta quarta-feira o aliado do combatente e presidente do partido Sinn Fein, Gerry Adams

Reuters |

Nascido em 1942, Keenan acreditava que o IRA poderia ter ganho sua luta pela união da Irlanda se continuasse os ataques à Grã-Bretanha, que domina a Irlanda do Norte, e se tivesse se focado em alvos comerciais, como em um ataque em Londres em 1996.

'Aqueles voluntários do IRA que assumiram a luta contra a Grã-Bretanha eram muito corajosos e tinham qualidades especiais', disse Keenan neste ano ao partido republicano Sinn Fein no jornal semanal An Phoblacht.

'Esta é a única maneira de se lutar em uma guerra. Não podem haver dúvidas, meias-medidas ou obstáculos', disse Keenan em uma entrevista.

Adams disse que mesmo assim, Keenan aceitou a participação política do Sinn Fein no processo de paz da Irlanda do Norte e usou sua influência para levar o IRA a apoiar um acordo de paz de 1998 que encerrou amplamente três décadas de violência.

'Ele colocou a cabeça no processo de paz, e também a necessidade de ir para frente em uma nova fase', disse Adams.

'Ele então usou de sua influência considerável para persuadir os outros de que o caminho que o Sinn Fein levava era o caminho a seguir', disse Adams à radiodifusora RTE.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG