Morre, aos 69 anos, a nora de Mao Tse Tung

Pequim, 25 jun (EFE).- Shao Hua, esposa de um dos filhos do fundador da República Popular, Mao Tse Tung, morreu na noite desta terça-feira em Pequim, aos 69 anos, 15 meses depois da morte de seu marido, informou hoje a agência de notícias Xinhua.

EFE |

A agência não especificou a causa da morte de Shao Hua, que nasceu em outubro de 1938, na cidade de Yan'an (Shaanxi, noroeste), principal base dos comunistas durante a Guerra Civil.

Ela se casou em 1960 com Mao Anqing, segundo dos cinco filhos reconhecidos por Mao Tse Tung e que morreu em março de 2007, aos 84 anos, após ter sido ignorado por seu pai e pela História.

Shao, general do Exército de Libertação Popular (ELP), tinha sido reeleita em novembro presidente da Associação de Fotógrafos Chineses (AFC).

Ela se tornou fotógrafa de maneira autodidata, registrando imagens de Mao Tse Tung na década de 1950 com uma câmera que Mao Anying, o filho mais velho do líder, adquiriu na extinta União Soviética.

Além disso, Shao usou a fotografia para documentar, entre 1988 e 2002, suas viagens às bases revolucionárias, feitorias, minas, escolas, unidades do Exército e povoados empobrecidos da China.

As poucas imagens que existem de Mao Anqing também foram feitas por Shao. EFE mz/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG