Morre aos 139 anos o homem mais velho da Índia

Nova Délhi, 19 ago (EFE).- O homem mais velho da Índia, Habib Mian, que dizia ter 139 anos, faleceu hoje na cidade de Jaipur (norte), após sofrer náuseas e fortes dores de estômago durante vários dias.

EFE |

Segundo a agência "Ians", apesar de afirmar ter 139 anos, Mian não tinha nenhum documento que provasse sua idade, e possuía apenas um certificado das autoridades locais, concedido em 2003, que apontava que o idoso tinha 130 anos.

No entanto, em 20 de maio de 2008, Mian decidiu não celebrar seu último aniversário, já que apenas uma semana antes havia ocorrido um atentado que causou a morte de 64 pessoas em Jaipur.

"Costumava tocar o clarinete com a banda de Jaipur, vi o mandato britânico e três soberanos reinando em Jaipur", se vangloriou o ancião, em declarações a "Ians" antes de sua morte.

Cego há 50 anos, Mian cuidava de seus hábitos alimentícios, não fumava nem bebia e dedicava quase todo o seu tempo à reza.

"Não era um bisavô que exigisse muita atenção", disse seu bisneto, Chuttan Bhai. EFE amp/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG