Roma, 9 fev (EFE).- A italiana Eluana Englaro, de 38 anos, morreu hoje, às 20h10 locais (17h10 de Brasília), após 17 anos em estado vegetativo e um longa briga na Justiça para que permitissem sua eutanásia, informaram fontes locais.

EFE cps/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.