http://educacao.ig.com.br/acordo_ortografico/Acordo Ortográfico hspace=4 src=http://images.ig.com.br/educacao/reforma_140x75.gif align=left vspace=3 border=0LA PAZ - O presidente da Bolívia, Evo Morales, decidiu hoje suspender indefinidamente as operações em seu país do Departamento Antidroga dos Estados Unidos (DEA), após acusá-lo de realizar espionagem e de conspiração contra seu Governo.

Morales anunciou a decisão em um quartel da região cocaleira de Chapare, no centro do país, onde foi a um ato para conhecer os resultados da erradicação da coca e da luta contra o narcotráfico.

Morales acusa de ter fomentado tumultos em cinco das nove províncias do país. Esses tumultos registrados nas províncias separatistas de Santa Cruz, Beni, Pando, Tarija e Chuquisaca deixaram 19 mortos em setembro passado.

(Com EFE e AFP)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.