Morales sofre recaída e suspende viagem a Pando

La Paz, 24 out (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, sofreu hoje uma recaída dos problemas de saúde que sofreu na semana passada e suspendeu sua viagem à região amazônica de Pando, onde entregaria maquinaria ao Governo da região, informou uma fonte oficial.

EFE |

O vice-presidente do país, Álvaro García Linera, disse hoje na cidade fronteiriça de Cobija, capital de Pando, que Morales teve de suspender essa visita por recomendações médicas.

"Infelizmente, ele teve uma pequena recaída de uma doença que sofreu há uma semana. O médico o obrigou a fazer repouso", disse García Linera durante um discurso, no qual não informou o que o governante sofria.

Médicos recomendaram há uma semana que o presidente suspendesse todas as suas atividades durante o sábado e o domingo, após sentir dores de cabeça e ouvido, mas ele retornou ao trabalho no segundo dia.

A agenda diária de Morales normalmente começa com reuniões desde as 5h (local) e inclui viagens por diversos pontos do país que o levam a se deitar somente por volta da meia-noite (local).

O governante boliviano, que em 26 de outubro completará 49 anos, não descansa nos fins-de-semana e não tirou férias desde que chegou ao poder, após as eleições presidenciais de dezembro de 2005. EFE ja/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG