La Paz, 27 mar (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, qualificou hoje o ex-governante cubano Fidel Castro e o presidente venezuelano, Hugo Chávez, de comandantes da força libertária da América e do mundo.

O chefe de Governo boliviano fez esta afirmação durante um ato visando as eleições regionais do dia 4 de abril próximo, realizado na região andina de Oruro (oeste), onde também foi lembrado o 15º aniversário da criação de seu partido político, o Movimento Ao Socialismo (MAS).

Sobre Castro e Chávez, Morales afirmou que "não estão sós em sua luta contra o império (EUA), já que na Bolívia está o povo anti-imperialista, o povo anticapitalista".

"A luta deles não foi em vão e com orgulho digo: Fidel e Hugo são comandantes da força libertária da América e do mundo. E desde aqui acompanharemos essa luta histórica de Fidel e de Hugo", acrescentou.

O presidente boliviano também cumprimentou "outros presidentes anti-imperialistas como o equatoriano Rafael Correa, o nicaraguense Daniel Ortega e o uruguaio José Mujica". EFE gb/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.