La Paz, 13 jul (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou hoje que está disposto a se reunir com o chefe de Estado do Peru, Alan García, para discutirem suas diferenças e também a integração regional.

O governante indígena disse à Agência Boliviana de Informação (ABI) que pertence à cultura do diálogo e aposta pela unidade dos povos.

"Por essa razão sempre buscamos diálogo com os presidentes de todos os países e uma aproximação com o presidente do Peru sempre será bem-vinda", declarou Morales ao lembrar que já havia convidado García a visitar a Bolívia.

"Se de sua parte também existir interesse para uma reunião, será útil um encontro não só para ver como manejaremos nossas diferenças, mas também para apostar na integração e em uma maior cooperação entre nossos povos", assinalou Morales.

Na sexta-feira passada, García deixou aberta a possibilidade de dialogar com Morales sobre os benefícios de um Tratado de Livre-Comércio (TLC), assunto sobre o qual Peru e Bolívia, que solucionaram recentemente um incidente diplomático, têm posturas diferentes.

Os dois países superaram na semana passada um incidente diplomático originado em uma denúncia de Morales sobre a suposta instalação de bases militares dos EUA em território peruano, que foi rejeitada pelo Governo de García.

O tenso momento incluiu a troca de críticas mútuas entre os dois líderes, acusações de ingerência e chamadas peruanas para consultas com seu embaixador em La Paz, Fernando Rojas. EFE ja/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.