La Paz, 20 jan (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou hoje que seu Governo pedirá às Nações Unidas uma reunião de emergência para repudiar e rejeitar a ocupação militar dos Estados Unidos no Haiti.

"Não é possível que os Estados Unidos usem uma desgraça natural para invadir e ocupar militarmente o Haiti", criticou Morales, que qualificou de "desumano, selvagem e oportunista" a mobilização das Forças Armadas americanas na ilha caribenha, por causa do terremoto que assolou o país. EFE sam/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.