Viena, 11 mar (EFE).- Com uma folha de coca na mão, que depois mastigou, o presidente da Bolívia, Evo Morales, pediu hoje à ONU, em Viena, que retire a planta da lista de entorpecentes proibidos pelas convenções internacionais.

"Isto é uma folha de coca, não é cocaína. Não é possível que esteja na lista de entorpecentes da ONU", declarou Morales com a planta na mão, arrancando aplausos de várias delegações. EFE ll/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.