Morales e Medvedev assinam acordo de cooperação

Moscou, 16 fev (EFE).- Os presidentes da Rússia, Dmitri Medvedev, e Bolívia, Evo Morales, assinaram hoje no Kremlin uma declaração política conjunta, para colaboração em matéria militar, ambiental de defesa civil e contra o narcotráfico.

EFE |

"A declaração conjunta reflete os enfoques comuns de nossos países sobre diversos temas de atualidade internacional", declarou Medvedev.

Morales, que fez a primeira visita oficial de um chefe de Estado boliviano à Rússia classificou o acordo de "acontecimento inédito e singular" e elogiou o "espírito integrador" da Rússia na América Latina.

Em 2006, o Governo russo vendeu US$ 3 bilhões em armas à Venezuela, de cujo presidente, Hugo Chávez, Morales é aliado; no ano passado, emprestou mais US$ 1 bilhão para a Administração venezuelana comprar armas russas e, além disso, ambos os países fizeram exercícios militares conjuntos.

Recentemente estiveram no Kremlin os presidentes da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, da Nicarágua, Daniel Ortega, e de Cuba, Raúl Castro.

Para abril, está prevista a visita da presidente do Chile, Michelle Bachelet. EFE bsi/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG