reconciliação dos bolivianos - Mundo - iG" /

Morales diz que referendo levará à reconciliação dos bolivianos

O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou neste sábado que o referendo revogatório deste domingo obrigará a um reencontro das autoridades do país e, consequentemente, levará à reconciliação do povo boliviano.

EFE |

Em um ato no Palácio do Governo de La Paz, Morales pediu que o povo participe do referendo revogatório para "fortalecer a democracia e redefinir o novo cenário político" do país.

Mais de quatro milhões de bolivianos estão convocados amanhã para uma consulta que decidirá sobre a continuidade ou revogação de Morales, do vice-presidente Álvaro García Linera e de oito dos nove governadores departamentais do país, a maioria opositores.

"A participação de todos é importante para que nas próximas semanas haja um cenário para seguir avançando rumo ao bem-estar da pátria", disse Morales, que lembrou que "é a primeira vez que o povo boliviano tem direito a revogar ou reeleger".

O presidente boliviano expressou seu desejo de que amanhã seja um dia de "festa democrática" e reiterou que não teme a decisão do povo porque "é melhor se submeter ao povo que se submeter a certos interesses externos e internos".

A Bolívia realizará amanhã um referendo sobre mandatos em um ambiente de incerteza e dúvidas sobre sua eficácia para resolver a complexa crise boliviana, onde o projeto de reforma constitucional de Morales está enfrentado o movimento autonomista empreendido por vários governadores opositores.

    Leia tudo sobre: morales

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG