Morales diz que congresso deve convocar referendo sobre nova Constituição

La Paz, 19 out (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse hoje que é obrigação do congresso convocar o referendo necessário para a entrada em vigor o novo projeto de Constituição impulsionado por seu Governo.

EFE |

O Congresso Nacional da Bolívia deve retomar hoje o debate do projeto de lei sobre a consulta constitucional.

Em discurso realizado hoje em comemoração aos 460 anos de fundação de La Paz, Morales afirmou que esta será a primeira vez que a Carta Magna será submetida a referendo e disse que "o Congresso Nacional não pode se opor a isto".

Ontem, enquanto uma comissão negociava modificações no texto do projeto de Carta Magna, o congresso passou oito horas discutindo as circunstâncias do estado de sítio vigente na região de Pando após a onda de violência que deixou pelo menos 18 mortos em setembro.

No Legislativo, o Movimento ao Socialismo (MAS), partido de Morales, precisa de um acordo com a oposição, pois não reúne os dois terços necessários para convocar a votação sobre a nova constituição com a qual pretende refundar o país. EFE az/rb/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG