Morales denuncia infiltração da CIA em petroleira estatal boliviana

O presidente boliviano, Evo Morales, afirmou que a petroleira estatal YPFB, recentemente abalada por um escândalo de corrupção, foi infiltrada por agentes da CIA, informou neste sábado a agência oficial ABI.

AFP |

"Infelizmente, houve a presença da CIA na YPFB, e alguns de nossos companheiros foram emboscados por esta infiltração externa", disse o presidente na sexta-feira, em um comício para cocaleiros em Chapare, no centro do país.

Morales disse que "a qualquer momento vamos denunciar nomes" dos supostos infiltrados da CIA na empresa, cujo presidente, Santos Ramírez, braço direito de Morales, está preso como principal suspeito de um esquema de corrupção dentro da estatal.

rb/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG