Morales convoca prefeitos dissidentes para reunião na segunda-feira

O presidente da Bolívia, Evo Morales, convocou nesta quinta-feira os prefeitos dissidentes de Santa Cruz, Tarika, Beni e Pando, que exigem governos autônomos, para uma reunião na próxima segunda-feira para estabelecer um diálogo em meio à crise política do país.

AFP |

"Se os prefeitos quiserem testemunhas, mediadores, não tenho nenhum problema, principalmente testemunhas, porque não mentirei, não terei propostas debaixo da manga nem medo de nada", disse o presidente.

O porta-voz presidencial, Iván Canelas, especificou à AFP que "o diálogo (convocado por Morales) será na tarde de segunda-feira no palácio Quemado de La Paz".

Morales pediu também que a Igreja acompanhe o pedido de diálogo.

Do domingo, Santa Cruz realizou seu referendo que busca validar um estatuto autonômico, considerado "ilegal e anticonstitucional" pelo governo.

Os prefeitos, que pretendem realizar referendos semelhantes em Tarija, Beni e Pando até o final de junho, se opõem ao projeto de Constituição Política aprovado em dezembro pela Assembléia Constituinte e apoiado pelo Executivo.

A Bolívia se encontra dividida nessa questão e diversos organismos internacionais, entre eles a OEA, tenta uma aproximação entre o oficialismo e a oposição.

rb/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG