Morales convoca para dezembro referendo sobre nova Constituição

La Paz, 28 ago (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, baixou hoje um decreto supremo convocando para 7 de dezembro um referendo nacional para a ratificação da nova Constituição do país.

EFE |

Em um ato no Palácio do Governo de La Paz, o governante, acompanhado pelos setores sociais que o apóiam, também marcou para o mesmo dia a eleição dos governadores departamentais (estaduais) de La Paz e Cochabamba, que perderam seus mandatos no referendo revogatório do último dia 10.

Ainda no dia 7 de dezembro, serão eleitos os conselheiros departamentais e vice-administradores das nove regiões do país.

O chefe de Estado boliviano baixou o decreto supremo 18 dias depois que seu mandato foi ratificado, com o apoio de 67,41% dos eleitores bolivianos, no mesmo referendo que tirou do poder os governadores de La Paz e Cochabamba.

Na consulta constitucional de 7 de dezembro, a população tanto dirá se concorda com a nova Carta Magna, como determinará de qual deve ser a extensão dos latifúndios expropriáveis, assunto que ficou sem acordo na Assembléia Constituinte. EFE sam/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG