Morales confirma encontro com Lula e Chávez

La Paz, 14 jul (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, confirmou hoje que na próxima sexta-feira se reunirá em uma região amazônica de seu país com os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e o chefe de Estado da Venezuela, Hugo Chávez.

EFE |

O encontro será realizado em Riberalta, cerca de 900 quilômetros ao nordeste de La Paz, perto da fronteira com o Brasil.

A reunião inicialmente seria apenas entre os presidentes Morales e Lula com o propósito de concretizar um empréstimo brasileiro de US$ 230 milhões à Bolívia, mas na semana passada Hugo Chávez pediu para participar do encontro.

Segundo Morales, as partes "garantirão alguns investimentos" para estradas da Bolívia "de maneira solidária e incondicional".

A confirmação da reunião foi feita por Morales durante a inauguração das obras de uma nova usina petrolífera que será construída em Río Grande (Santa Cruz).

No caso do Brasil, Lula assinará um crédito de US$ 230 milhões destinados à construção da estrada Rurrenabaque-Riberalta, na Amazônia boliviana.

A estrada, de 508 quilômetros, fará parte do Corredor Norte, que unirá a área tropical de La Paz aos departamentos de Beni e Pando, que fazem fronteira com o Brasil.

O presidente boliviano não esclareceu que tipo de ajuda Chávez anunciará, mas o líder venezuelano é um de seus fortes aliados na região e seu Governo deu à Bolívia desde 2006 ajuda de mais de US$ 100 milhões, segundo o próprio Morales.

Morales lida diretamente com essa cooperação, que não passa pelos controles oficiais, em cheques entregues para diversas instituições sociais, municípios e até para as Forças Armadas. EFE ja/fh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG