traidores políticos que aceitam bases militares dos EUA - Mundo - iG" /

Morales chama de traidores políticos que aceitam bases militares dos EUA

LA PAZ - O presidente da Bolívia, Evo Morales, qualificou, nesta quinta-feira, os políticos da América Latina que aceitam a instalação de bases militares dos Estados Unidos em seus países de traidores da pátria.

EFE |

AP

Evo Morales e Hugo Chavez conversam durante
comemoração da Revolução de La Paz

"Quero dizer que os políticos latino-americanos que aceitam uma base militar americana em qualquer país da América Latina são traidores de seu país, traidores de sua pátria", disse Morales, durante uma homenagem ao bicentenário da Revolução de La Paz.

O presidente acrescentou que os países latino-americanos devem se planejar para que "nunca mais" haja bases militares estrangeiras na região, em respeito à "soberania dos povos".

O líder boliviano lembrou que seu governo removeu uma base militar americano da região de Cochabamba, no centro do país.

A Constituição Política do Estado, aprovada em um referendo realizado em janeiro, proíbe a construção de bases militares estrangeiras no país.

Morales também afirmou que as Forças Armadas dos países latino-americanos "não devem depender dos EUA" e defendeu que cada presidente busque "doutrinas próprias para seus militares".

Leia mais sobre América Latina

    Leia tudo sobre: américa latinabolíviacolômbiamilitar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG