Morales cancela compromissos por dois dias por recomendação médica

La Paz, 18 out (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, suspendeu todas as suas atividades desde a noite da última sexta até domingo por recomendação médica para repousar, informaram à Agência Efe fontes do Governo.

EFE |

O porta-voz da Presidência da Bolívia, Ivan Canelas, explicou à Efe que os médicos aconselharam Morales a descansar por dois dias após sofrer algumas dores de cabeça e de ouvido nas últimas horas.

O presidente boliviano permanecerá este final de semana em sua residência oficial de La Paz e se submeterá amanhã a uma revisão médica.

Morales tem uma agenda diária intensa que habitualmente começa com reuniões às 5h e viagens a vários pontos do país, aos quais se juntam seus compromissos internacionais.

O presidente boliviano nunca se deita antes da 1h e para ele não existe descanso nos finais de semana. Para Morales, "um domingo é igual a uma segunda-feira ou uma quarta-feira", declarou Canelas.

Morales, que completará 49 anos em 26 de outubro, não tirou férias desde que chegou ao poder após as eleições presidenciais de dezembro de 2005, declarou o porta-voz.

Por recomendação médica, Morales suspendeu várias reuniões privadas e atividades públicas previstas no dia de hoje e para amanhã, entre elas um encontro com a Federação Nacional de Cooperativas Mineiras boliviana (Fecomin). EFE lav/wr/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG