Tamanho do texto

O presidente boliviano, Evo Morales, anunciou neste sábado a suspensão de todas as atividades da Agência antidrogas americana (DEA), que acusa de ter fomentado tumultos em cinco das nove províncias do país.

Esses tumultos registrados nas províncias separatistas de Santa Cruz, Beni, Pando, Tarija e Chuquisaca deixaram 19 mortos em setembro passado.

jac/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.