Morales ameaça nacionalizar empresas que vendam açúcar a preço elevado

La Paz, 28 mar (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, advertiu hoje que nacionalizará os engenhos açucareiro cujos proprietários tentem sabotar o povo boliviano ao vender esse produto a preços elevados no mercado interno.

EFE |

"Se alguns donos de engenhos de açúcar continuarem vendendo seu açúcar mais barato fora e mais caro dentro, me verei obrigado a nacionalizar ou estatizar esses engenhos, sem nenhum medo", advertiu.

Ratificou a necessidade de contar com indústrias açucareiras estatais "para que os privados não estejam sabotando nem chantageando o povo boliviano vendendo seu açúcar mais barato fora e mais caro na Bolívia".

No país operam quatro engenhos açucareiros na região oriental Santa Cruz e em Tarija (sul), enquanto que o Executivo tem planos para instalar uma indústria no sul e outra no norte de La Paz. EFE gb/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG