segunda libertação - Mundo - iG" /

Morales afirma que A.Latina luta por segunda libertação

La Paz, 25 mai (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou hoje que os povos da América Latina que foram oprimidos politicamente continuam sua luta pela democracia para conseguir uma segunda libertação de seus inimigos internos e externos.

EFE |

Morales fez tais declarações durante a comemoração dos 200 anos da revolta da cidade de Sucre, que foi palco da primeira revolta americana contra o colonialismo espanhol em 25 de maio de 1809.

O presidente da Bolívia fez seu discurso sobre o bicentenário na cidade de Villar, a 203 quilômetros de Sucre.

A escolha deste local para a celebração do ato "governista" em lembrança dos 200 anos da revolta se deve ao fato de que a sede do quartel de Juana Azurduy, uma heroína da guerra de independência boliviana, ficava em Villar.

Em discurso transmitido ao país pela imprensa estatal, destacou a importância dos líderes indígenas nas lutas pioneiras contra a metrópole, ocorridas inclusive antes da insurreição de 1809 em Sucre.

"O povo que esquece sua luta e sua história é um povo que não tem consciência sobre seu destino", afirmou o presidente.

Enquanto isso, a cidade de Sucre realizou outro ato para comemorar o bicentenário de seu chamado grito libertário, ao qual compareceram os principais líderes opositores da Bolívia, que acusaram Morales de gerar "divisão" no país por convocar um ato paralelo em outro local.

O ex-presidente da Bolívia Jorge Quiroga (2001-2002) lamentou que o atual chefe de Estado tenha "insistido em distorcer e manipular a história, dividir os bolivianos, ofender Sucre e manchar a pátria" com a decisão de não comparecer à cidade e criar um ato paralelo.

Para Quiroga, que é líder de Poder Democrático e Social (Podemos), a principal aliança opositora do país, a ausência de Morales em Sucre é "parte de uma campanha sistemática de sabotagem".

EFE ja/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG