Morales acusa Bush de favorecer ricos na luta contra crise

La Paz, 15 out (EFE).- O chefe de Estado da Bolívia, Evo Morales, acusou hoje o presidente americano, George W.

EFE |

Bush, de "nacionalizar a quebra do sistema financeiro (...) para salvar os ricos".

"Aqui nacionalizamos para que o povo tenha dinheiro. Lá nacionalizam para salvar os ricos", assegurou Morales em discurso na cidade de El Alto, onde presenciou a reabertura de uma fábrica têxtil.

Segundo o boliviano, as medidas de "nacionalização" financeira do Governo dos EUA podem levar a pensar que Bush "já não é um presidente neoliberal".

Para Morales, é preciso fazer distinção entre o "socialismo dos ricos" e o dos pobres.

"Aqui estamos implementando políticas que permitam resolver o problema da pobreza", disse o presidente boliviano, reiterando que o plano de resgate bilionário americano representa "nacionalizar para os ricos". EFE az/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG