Moradores de Nova Orleans voltam aos poucos para casa

Os cerca de 20.000 habitantes de Nova Orleans evacuados pelas autoridades no início da semana, por serem muito pobres, ou estarem muito doentes, para fugir do furacão Gustav por seus próprios meios, começaram a voltar para casa, de trem, ou de ônibus, nesta sexta-feira.

AFP |

As autoridades iniciaram sua "repatriação" cinco dias depois da passagem do furacão, que provocou o êxodo de dois milhões de habitantes do estado de Louisiana (sul dos EUA). Todos temiam uma catástrofe nas proporções do Katrina, que deixou, em 2005, cerca de 1.800 mortos nessa região.

Segundo o representante do Departamento do Interior em Nova Orleans, Jerry Sneed, o retorno dos que foram assistidos pelo governo deve levar, no máximo, três dias.

Balões azuis, roxos e prateados, alguns em formato de estrela, recebem os que desembarcam na estação, onde voluntários, soldados da Guarda Nacional e funcionários da prefeitura e do governo federal organizam as operações.

"Vi gente feliz, cansada e frustrada", declarou o prefeito de Nova Orleans, Ray Nagin, após receber cerca de 1.000 pessoas, recém-chegadas de trem.

Embora Gustav não tenha provocado, nem de longe, danos tão significativos como o Katrina, nesta sexta, 900.000 casas e empresas de Louisiana continuavam sem luz.

O prefeito disse esperar que o serviço seja restabelecido na cidade antes de sábado à noite.

gc/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG