s mantém notas do Chile apesar de terremoto - Mundo - iG" /

Moody s mantém notas do Chile apesar de terremoto

Santiago do Chile, 2 mar (EFE).- A agência de classificação de riscos Moodys manteve hoje a nota A1 em moeda local e estrangeira do Governo chileno mesmo depois do forte terremoto de sábado passado.

EFE |

Em um comunicado emitido em Nova York, a Moody's Investors Service diz que as qualificações do Chile "permanecem com perspectiva positiva".

"As sólidas instituições e a flexibilidade financeira do Chile deixam o país bem para enfrentar tão lamentável perda humana e econômica", diz Gabriel Torres, vice-presidente da Moody's, na nota.

"Esperamos uma desaceleração da economia, mas depois uma recuperação, mais adiante em 2010, à medida que os trabalhos de reconstrução comecem", acrescentou.

Segundo Torres, a Moody's continuará acompanhando os eventos no país e avaliará novamente a situação quando houver mais informações.

"É óbvio que a totalidade dos danos do terremoto não foi quantificada. Portanto, ainda não está claro até onde os diferentes setores industriais e a economia em geral serão afetados", argumentou.

"A sólida posição fiscal e financeira do Chile sustenta a capacidade do país para enfrentar este choque. As coberturas de seguros contra terremotos são comuns no país, e isto deverá ajudar a amortecer o impacto econômico e financeiro", diz Torres.

Na opinião do especialista, o crescimento econômico do Chile possivelmente não alcançará os 4,5% originalmente projetados para 2010, mas a evidência histórica de outros desastres naturais sustenta a opinião de que o terremoto não terá um impacto permanente na tendência de crescimento.

"O Chile tem mais de US$ 11 bilhões em ativos financeiros e sua particularmente baixa carga de dívida, de menos de 7% do Produto Interno Bruto (PIB), lhe permitirá aumentar sua dívida caso necessário", concluiu Torres. EFE ns/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG